Trabalhando com Visto de Estudante

Agora é hora de trabalhar!

Devido ao custo de vida da Irlanda ser (bem) maior do que o do Brasil, estudantes muitas vezes dependerão de um trabalho part-time (meio-período) para custear gastos extras, viagens, pequenas estravagâncias e tal.

O governo da Irlanda tem um esquema especial para estudantes o que possibilita-os trabalhar 20 horas semanais em período letivo e full-time (período integral) durante férias escolares.

De acordo com o Garda National Immigration Bureau, para ter a permissão para trabalhar você deverá estar frequentando um curso full time, de pelo menos um ano de duração, que à conclusão do mesmo te dará uma qualificação reconhecida.
No caso de escolas de inglês, essas por sua vez terão que ter o programa do curso de inglês aprovado pelo Departamento de Educação e Ciências nas bases do ACELS (Advisory Council for English Language Schools)

O Brasileire disponibiliza uma lista das escolas aprovadas pelo ACELS, veja na seção: Escolas de Inglês

Vale lembrar que o ano acadêmico é considerado ser de 25 semanas (ao invés de 52), então cursos com essa duração se classificaram para a inclusão no registro do Departamento de Educação e Ciências.

Além do esquema de trabalhar como estudante, a Irlanda proporciona aos imigrantes outros esquemas como o Work Permit (Permissão de Trabalho) e Green Cards.  Veja mais sobre esses tópicos aqui no Brasileire.

Curta o Brasileire.com !